Notícias

Clínica de Boxe agita o Centro de Convivência dos Jogos Escolares da Juventude Londrina 2014

Após o rugby, modalidade olímpica é a segunda a receber uma clínica nos Jogos. A próxima será o basquete 3x3, a partir da quarta-feira, dia 10

Atribua uma nota:

Os Jogos Escolares da Juventude, etapa para jovens de 12 a 14 anos, que estão sendo disputados na cidade de Londrina, no norte do Paraná, seguem promovendo clínicas esportivas paralelamente às disputas de medalhas em 13 modalidades. Após a clínica de rugby, que aconteceu na semana passada, agora é a vez do boxe ser apresentado aos jovens atletas que começam a chegar à cidade para as disputas dos esportes coletivos que fazem parte da programação do evento.

Treinadores da seleção brasileira da modalidade, Mateus Alves e Abel Bokovo são os instrutores indicados pela Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe) que ganharam a responsabilidade de ajudar a difundir o esporte entre os quase quatro mil atletas classificados para a fase nacional dos Jogos Escolares da Juventude. “Essa é a primeira vez que uma clínica de boxe está presente em uma edição dos Jogos Escolares. Nossa intenção é divulgar o esporte para as crianças que ainda estão na escola e não conhecem essa modalidade olímpica. Em apenas dois dias, 474 jovens já passaram pela clínica, incluindo uma menina de São Paulo, atleta do judô, que veio sete vezes seguidas e só saiu quando foi obrigada pelo pai. Ela disse que vai começar a treinar boxe quando voltar para casa. Isso para nós é importantíssimo, pois se não desenvolvermos a base, não teremos mais atletas no futuro”, disse Mateus.

Os principais elementos do boxe que são ensinados na clínica são a postura de combate, a posição das pernas e dos braços, o primeiro golpe, que é o jab, suas variações, e o direto. Para terminar, os instrutores entram no ringue com os jovens e simulam movimentos reais de uma luta, para tudo ficar mais divertido. “Acho incrível como principalmente as meninas têm saído daqui muito animadas, e percebo que muitas delas têm a coordenação perfeita para a prática do boxe. Se dessas 500, uma única criança começar a praticar a modalidade depois de passar pela clínica, nosso trabalho já terá sido feito com sucesso”, complementou Mateus.

Prova da qualidade e do interesse feminino pela modalidade são as irmãs gêmeas Nayara e Nayane de Aguiar Rabello, de 13 anos, alunas da Escola Enéas Ferreira Nobre e atletas de futsal da equipe do Ceará. “Achei ótimo participar da clínica. Não conhecia o boxe, e o que mais gostei aqui foi de aprender a dar os golpes”, disse Nayara, que veio da cidade de Ibicutinga.

Após o boxe, a próxima clínica será de basquete 3x3, a partir da quarta-feira, dia 10. O basquete 3x3 é uma derivação do basquete tradicional que vem fazendo muito sucesso nos Jogos Olímpicos da Juventude. A última edição da competição foi realizada em Nanquim, na China.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil, correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio da Prefeitura de Londrina e patrocínio máster da Coca-Cola.

Galeria
Crédito: 1 de

Atribua uma nota:

Aguarde...